Resenha

[Resenha] Livro: Anne da Ilha | Lucy M. Montgomery

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Espero que esteja tudo ótimo!

Hoje é dia de resenha do livro do mês e a obra escolhida para maio foi Anne da Ilha.

Anne da Ilha é o terceiro livro da coleção da autora Lucy Maud Montgomery que deu origem à série Anne with an E da Netflix.

Nesta terceira obra, a antes tão pequena e fantasiosa Anne Shirley, é agora uma jovem madura e decidida que sabe o que quer e vai em busca do seu grande sonho, que é ingressar na universidade Redmond College, mesmo sabendo que para isso terá que deixar o lugar e as pessoas que tanto ama. No entanto, sendo a moça uma eterna otimista de imaginação fértil, ela trata logo de ver o lado bom de estar morando com a amiga Priscilla Grant do outro lado da Ilha, em Kingsport.

Contudo, apesar dela estar vivendo este ciclo cheio de descobertas e amadurecimento, para Anne as coisas não estavam sendo tão alegres quanto já foram um dia porque, mesmo sendo otimista não é fácil encarar a morte de amigas tão queridas e diante de tudo isso também se apresentam os questionamentos do início de sua vida adulta.

Então agora como Anne vai lidar com tudo? E como ficam os sentimentos de Gilbert Blythe que espera ser correspondido e viver uma história de amor com ela?

São perguntas difíceis para a srta. Shirley responder, mas com certeza, encontraremos a resposta para tudo nas próximas páginas desta história.

Minha Opinião

Anne da Ilha é mais uma parcela encantadora da história de Anne Shirley, é lamentável que a série tenha sido cancelada e não possamos ver esta parte da obra na tela.

Toda a trajetória de Anne fora de Avonlea e longe da família é inspiradora. Ela cresce emocionalmente, contudo não deixa de ver a vida com os olhos de quem sonha, mesmo quando perde duas pessoas que ama em um curto espaço de tempo. Anne também se descobre mais forte quando todos estavam contra sua ida para universidade, mas ela uni toda coragem e vai rumo ao desconhecido. Faz tudo mesmo com medo, sempre enxergando o melhor lá na frente.

Por fim, Anne da Ilha é tão bom quanto os dois primeiros, sem dúvida eu recomendo e já estou ansiosa pelos próximos livros.

Se não viram ainda as resenhas dos dois livros anteriores corram pra ver Anne de Green Gables e Anne de Avonlea. 😉

E aí pessoal, já começaram a ler Anne? Me contem aqui nos comentários onde vocês conheceram esta obra.

Vejam também:

[Resenha] Livro: Ela Confiou na Vida | Zíbia Gasparetto

[Resenha] Livro: O Privilégio de Ser Mulher | Alice Von Hildebrand

[Resenha] Livro: Aventura em Bagdá | Agatha Christie

@elis_cecilia

Espero que tenham gostado!

Bjin e até a Próxima! <3

Resenha

[Resenha] Livro: Anne de Green Gables | Lucy M. Montgomery

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Espero que esteja tudo ótimo!

Chegou a última sexta-feira do mês e como prometido, hoje é dia de resenha literária.

Neste post eu trago o livro Anne de Green Gables da escritora Lucy Maud Montgomery. Esta é uma obra canadense bem famosa e que deu origem até mesmo à uma série, Anne with an E, produzida pela Netflix.

Anne de Green Gables conta a história de Anne Shirley, uma garotinha de 11 anos, órfã desde os 3 meses de vida e que vivia como empregada na casa de seus “cuidadores”, até que foi parar em um orfanato.

No entanto, por sorte ou destino, após 4 meses no orfanato, ela foi levada por engano para ser adotada por um casal de irmãos, Marilla e Matthew.

Os irmãos Cuthbert moravam em Green Gables, uma fazenda em Avonlea e eles queriam adotar um menino para que pudesse ajudar nas tarefas, mas quando chegou o dia de receber a criança descobriram que houve um erro de comunicação e lhes mandaram uma menina.

A pequena Anne era magra com cabelos ruivos, olhos grandes e sardas, o que para as pessoas daquele lugar era considerado “ser estranha”. Ela tinha baixa autoestima por conta de sua aparência, mas sua imaginação e inteligência eram acima da média.

A garota se encantou com Avonlea e suas flores, matas, lagos e com a nova amizade que fez, já que, até aquele momento só tivera amigas imaginárias. Ela via naquilo tudo um grandioso recomeço e com o carinho que cultivou dia a dia no coração de muitos à sua volta, sua felicidade ficou completa e finalmente ela sentia que tinha um lugar para chamar de seu.

E o que começou como um engano, passou a ser uma grande aventura para aquela garota cheia de imaginação e curiosidade, mudando não só a vida de Anne, mas também, a vida dos solitários Marilla e Matthew de Green Gables.

Minha Opinião

Conheci os livros da Anne através da série na Netflix, assisti as 3 temporadas e pensei “se a série é tão boa, os livros devem ser maravilhosos”, então comecei a leitura e me encantei.

É uma leitura leve, que te faz rir e refletir. A Anne é uma criança sofrida, mas ela sempre busca ver o lado bom de cada situação, tem uma imaginação encantada e romântica, e esta sempre em busca de novas aventuras. Quem foi uma criança curiosa e falante (como eu) vai se identificar bastante.

O texto tem algumas palavras mais “complicadas”, porém não é nada que impeça o entendimento, principalmente, se você já tem o hábito da leitura.

Acredito que seja um ótimo livro para os pais lerem com os filhos entre uns 9 e 12 anos porque, é uma obra que fala sobre família, empatia, imaginação e a vida de uma criança até as decisões da adolescência.

Recomendo muito esta leitura! E se você está precisando de algo para te fazer ver o mundo com outros olhos, também vai ler e aprovar.

Vejam:

[Resenha] Livro: Um Verão na Itália | Carrie Elks

[Resenha] Livro: A Pulseira de Cleópatra | J. W. Rochester

[Resenha] Livro: A Rainha Vermelha | Victoria Aveyard

@elis_cecilia

E aí pessoal, gostaram do livro deste mês? Também conheceram a história da Anne através da série da Netflix? Me contem tudo nos comentários, vou adorar saber a opinião e sugestões de vocês para os próximos livros. 😉

Bjin e até a Próxima! <3